gallery photo

Nova Rubrica “Entre Tachos & Panelas” – Ideias leves para começar! – A Beterrraba

Janeiro 9, 2018 by: Chez Sónia À La Carte ,Brunch ,Carne ,Jornal ,Lanche ,Massa ,Saudável

Ideias leves para começar!

2018-01-08 12.05.21

– A Beterraba –

Depois da euforia da entrada do novo ano e de todas as boas iguarias que comemos ao longo destes dias, o organismo pede um pouco de imaginação/criatividade para termos à mesa pratos um pouco mais leves, certo? A rubrica desta semana tem uma cor lindíssima e vem tentar ajudar quem anseia por comida um pouco diferente do habitual, e que o nosso organismo agradece. Mas nunca comprometendo o sabor. Mais especificamente, trago um ingrediente tão bem conhecido por nós – a beterraba.

Húmmus de Beterraba

Já tinha falado numa rubrica atrás sobre este patê. É de grão, o qual podemos fazer as variantes que quisermos. Desta vez é de beterraba. Fica apelativo até mesmo para as crianças.

Um paté de origem do Médio Oriente, em que húmmus significa grão cozido.

Num robot de cozinha (1,2,3 ou liquidificadora), introduza uma lata pequena de grão cozido, 1 colher de chá de paprika fumada, 1 dente de alho, 2 colheres de chá de tahine (pasta de sésamo), sumo de uma lima, sal (só uma pitada pois o grão já tem sal), uma beterraba cozida cortada (existe à venda já cozidas e guardadas a vácuo) e meio molho de coentros picados (em alternativa coloque salsa). Introduza um fio de azeite e triture bem.

Enquanto tritura, aos poucos vá introduzindo mais azeite para chegar à consistência desejada e para ajudar a triturar. Não queremos um paté muito espesso, mas também não queremos um paté demasiado azeitado! É até se aperceber que tem a consistência certa para o seu gosto. Tem que ficar firme mas cremoso.

Serve para acompanhar carne, peixe, rechear vegetais… Para entradas ou até mesmo massa. Aqui na foto é sugerido com as tostas (galletes) de milho ou arroz ou até mesmo tostas normais.

2016-07-30 16.40.40 (2)

Aveludado de Beterraba

Esta receita é muito versátil e é mesmo aveludada. Fica um molho macio e muito apetitoso. Bom para quem não gosta de beterraba, mas que no entanto quer consumir este ingrediente que tão bem faz á saúde.

Esta receita é uma ideia de uma salada leve que acompanha muito bem um bife grelhado.

1 beterraba, 1 laranja, 4 c. sopa de vinagre balsâmico, 2 c. chá de mel, 1 iogurte grego natural, 1 caldo legumes natura, 250 ml água, Coentros q.b., Azeite q.b., Sal q.b., Pimenta q.b.

Desfazemos o caldo natura em 250 ml de água a ferver. Reserve e deixe arrefecer.

A beterraba é cortada em pedaços e envolta numa emulsão (2 c. sopa de vinagre balsâmico, 1 c. chá de mel e cerca de 1 c. sopa de azeite – veja mais abaixo como fazer uma emulsão rápida). Vai ao forno cerca de 30 min. a 160ºC (ou até a beterraba estar mais molinha).

A laranja é cortada, de maneira a que seja só mesmo a polpa, e tente aproveitar o sumo que vai escorrendo, pois iremos utilizar mais tarde. Reserve.

Enquanto isso, coloque alguns ingredientes no liquidificador: 1 iogurte grego, um molhinho de coentros, o caldo de legumes (que já tem que estar frio), o tal sumo da laranja que aproveitámos do corte da laranja e quando a beterraba já estiver pronta e ligeiramente mais fria, introduza também. Liquidificar até ficar um molho bem aveludado. Reserve.

Para empratar, coloque um molhinho pequeno de mizuna (ou rúcula ou outro verde a gosto), os gomos da laranja que reservámos, o lombo cortado ou bife, regue com o molho de beterraba e mais coentros picados.

DICA: Para fazer emulsões rápidas, nada melhor que colocar os ingredientes num frasco pequeno e agite bem. E está pronto! Podemos fazer a variante da emulsão com molho de soja e mel, (as mesmas quantidades) e esfregar na carne antes de grelhar. Fica com uma crosta bem crocante e tão deliciosa…

Como o aveludado vai sobrar, aproveite para uma massa ou um frango grelhado ou assado…

2015-04-11 13.39.55-1

Massa com aveludado de beterraba

E como na cozinha nada de perde, tudo se transforma, pegue na ideia anterior, o aveludado, e faça um prato de massa espectacular que irá agradar à criançada, tenho a certeza.

Pode fazer com alheira ou até mesmo com aproveitamentos do perú que sobrou do Natal.

A receita da imagem foi feita com alheira. Só fiz 1/4 da alheira de caça. Retire a pele e coloque cerca de 20 minutos no forno. Após retirar do forno, salpique com vinagre balsâmico e polvilhe com ervas de provence. Envolva e reserve.

Numa frigideira larga, coloque um fio de azeite e um dente de alho e salteie 2 cogumelos grandes e adicione a alheira reservada. Deixe ganhar sabor e adicione massa cozida, rúcula (ou outro verde) e coentros. Envolva bem e ao servir adicione por cima o aveludado de beterraba. Uma maravilha e uma excelente forma de reciclar!

CIMG5748

E desta forma concluímos a primeira rubrica do ano, cheia de sabor e cor, com ideias leves e saudáveis.

Inspiração do húmmus: Dicas da Oksi

Perdeu a semana passada? Siga no meu site outras receitas assim como mais ideias em www.chezsonia.pt

Não perca a rubrica “Entre Tachos & Panelas” da próxima semana! Vamos continuar a dar mais ideias saudáveis, boas para limpar o organismo dos excessos.

Comentários

0 Comments

Add a comment